Acostumando.

Dizer que eu sinto muito por não vir, é mentira. Eu não sinto. Estou sem paciência e sobre meus problemas que normalmente conto aqui, contei para quem merece saber.
O que vim contar é que minha vida mudou drasticamente e eu estou tentando me acostumar.

Em primeiro lugar, deixei de lado uma atividade que me fazia muito bem. Me tirava desse mundo e que não me fazia pensar em mais nada além do próprio momento. Mas chegou uma hora que ficou muito evidente que eu teria que escolher. E meio que sem pensar eu deixei de lado.

Outra coisa que aconteceu sem eu esperar foi um baque. Uma coisa ruim que me aconteceu mas que me mostrou quem realmente está do meu lado nos momentos ruins. Me senti feliz por saber que pessoas que eu nem imaginava se importaram e se preocuparam. E fiquei bem chateada com outras que deixaram passar em branco.

Tentando passar por cima das coisas, estou escrevendo no meu outro blog. Ele meio que supriu minha outra atividade. Faz com que eu esqueça um pouco dos problemas da vida.
E estou tentando por minha energia na cozinha. Ontem eu fiz uma receita que nunca tinha testado, hoje fiz um bolo. O rumo é não pirar e pelo jeito engordar!

Uarauara Das

Anúncios
Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário

achou ruim? então fala!

Eu não morri, não fiquei doente (mais ou menos) e não abandonei este blog. Para ser bem sincera tenho vários assuntos para abordar, mas ultimamente ando tão decepcionada com o decorrer das discussões que é isso que me da preguiça de postar.

Estamos em uma época que debates viram piada por causa da mentalidade das pessoas. É gente falando que mulher de roupa curta quer ser estuprada, um bafafá enorme por causa do beijo gay na tv, revoltas por causa da cor que fulana pinta o cabelo, a lei que não muda, mas tem vagão rosa!

É, tá triste a situação… Não quero fazer uma enquete, mas como eu falo o que penso aqui, convido vocês a fazer o mesmo.

Acho ridículo entrar em uma campanha tirando uma foto sexy só para fazer parte da massa. Não sou a favor das ameaças dos estupradores, mas parem de fazer de tudo uma modinha.

Atenção! Pesquisem e façam por onde. Vejam o que podem fazer para mudar a lei. Foi abusada no metrô? Saia do vagão, arraste o idiota com você, peça ajuda, denuncie! O vagão rosa é um modo de proteger as mulheres, mas que não tiram os tarados da rua, podendo assim escolher outro lugar para atacar. Coloque-os na cadeia, e não no vagão do lado.

FODA-SE a cor do cabelo que tal pessoa tinge. Ta com inveja? Faz igual.

E aceitem os gays. Vocês batem o pé para tantas coisas, mas ainda são contra o amor. O preconceito é o que atrasa o mundo. Preconceito sobre tudo! Ocupem a mente com coisas interessantes. Por favor, cuidem da própria vida… Tchau.

Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário

Ama nada, é mentira.

Olá pessoas que leem este blog/diário. Estou tão atarefada que faz tempo que não venho escrever. Não por falta de idéias, mas porque estou esquecendo das coisas!
O trabalho em casa toma 98% do meu tempo, o resto eu uso pra cuidar da casa, fazer comida (as vezes) e dormir. Bem pouco, porque neste calor ninguém consegue dormir de verdade.

Não estou reclamando. (só do calor) Na verdade estou me desculpando por estar ausente daqui, sem minhas criticas doidas, e pensamentos estranhos.

Enfim, chega de blá blá blá, vim dizer pra vocês algo que achei interessante. Outro dia consegui um tempinho e assisti um vídeo do Felipe Neto de uma das paginas dele, nem lembro qual foi. Mas achei interessante a mensagem:
“Eu não amo meus fãs, não conheço quase nenhum deles, então como vou ama-los?”
Ele estava criticando as celebridades que dependem dos fãs para ganhar prêmios e para ficar na mídia.
Aqueles que deixam mensagens nas redes sociais que dizem assim: “votem na pagina X para que eu vença o prêmio X. Amo vocês fãs, somos uma família….”

NÃÃÃÃO! eles não te amam.

Concordo com o Felipe Neto, se você é fã de alguém, tem fotos, segue e tudo mais, não tem problema, só não acredite que ele te ama, na verdade ele nem sabe que você existe! Não o siga por achar que ele se importa, siga porque ele tem algum talento ou sei lá.
Qualquer coisa, mas não porque você acredita que ele te ama e que você é da família! kkkkkk
Se tiver a oportunidade de conhece-lo, melhor! Se conseguir ter contato e ver se ele é uma pessoa legal de verdade…
Eu tive a oportunidade de conhecer pessoas que eu idolatro. Músicos que eu cresci ouvindo em casa e cantando as músicas pulando no meu quarto.
Eles foram simpáticos, tenho contato com eles e com alguns até tenho amizade hoje.
Mas também tem aqueles que não fizeram diferença.
Assim é que realmente conhecemos as pessoas. Você admira a pessoa ou o trabalho que ela faz?
Saaaaibam diferenciar!

É isso. Voltarei o mais rápido possível.

Uarauara Das

 

Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário

Sonhos, desabafos e desapegos.

Um certo dia ouvi alguém dizer: “faça valer a pena”
Anos passados eu hoje me pergunto: “mas fazer o que?”

Atitudes não são para fazer valer a pena. Atitudes são porquê algo dentro de nós mesmos muda e isso faz com que tomemos certas atitudes. Nem sempre é pra fazer valer alguma coisa.
Valer a pena é uma consequência talvez distante de algo que não se pretendia, só foi…

Descobri que o importante é cada um se sentir bem consigo mesmo, não passar por cima dos outros para chegar aos seus objetivos, afinal, tudo que se faz volta em triplo.
Falar a verdade, e não se deixar levar por moda, ou achismos.
Ser autêntico conta muito mais!

Vão falar mal, vão desprezar, vão dizer tudo e mais um pouco sobre você.
Mas se for realmente forte, confiante e sem medo de criticas, vai ouvir, descartar as coisas ruins e acrescentar na sua vida as boas criticas.
Não é preciso ser um gênio pra saber que isso é verdade, o difícil é por isso em pratica.

Cansei de ouvir que eu sou chata. Dane-se, eu sei que eu sou.
Prefiro ser assim do que fingir ser legal com que não acho que merece minha cara de simpática. Afinal, sou muito mais ser chata do que ser falsa!

Tente começar a mudar sua vida dentro de casa! Não adianta nada pregar a paz por ai e estar em pé de guerra com a família.
“mas é difícil, eles não me entendem, brigam comigo…”
Quem disse que o primeiro passo tem que ser fácil?

Por último, faça bons dias!
Reclame menos e se for o caso grite, esperneie e chore quando estiver sozinho.
Desabafe com quem você realmente confia; se não tiver ninguém, converse com o espelho. É mais seguro do que abrir suas fraquezas para qualquer um.

Uarauara Das

Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário

as perguntas.

Assim que começaram os manifestos, me veio uma pergunta na cabeça mas resolvi esperar um tempo pra faze-la. Como eu desconfiava esta acontecendo.

Infelizmente, brasileiro é um povo com memória curta e com preguiça de exigir as promessas dos governantes. Nas ultimas semanas estava orgulhosa das pessoas. Conseguimos alguns avanços mas muitas pessoas ja se acomodaram novamente e voltaram a falar sobre as coisas que a mídia mostra para nos distrair; celebridades.

Daí eu pergunto: o que muda na sua vida em saber que a atriz X separou do marido? você vai ganhar um salário melhor se souber por quanto tal jogador de futebol foi vendido? quero dizer, o que esse tipo de coisa muda na sua vida, na sua rotina?

Ouve mudança na vida de muitos com o simples ato de outros muitos saírem as ruas para manifestar a indignação com o governo. E não adianta falar que não mudou em nada, porque mudou sim. Vai me dizer que você não ficou algum tempo a mais no transito? Que você não esteve no meio de movimentações em estações de metrô, mesmo sem querer. Me diz se você não tinha nenhum conhecido lá no meio dos manifestos? Se não participou de pelo menos uma conversa com alguém sobre esse assunto?

Isso é algo importante, que faz parte das nossas vidas, que sentimos na pele mesmo não estando lá na rua gritando. O que quero realmente saber é: o que você acha que vale a pena dar importância? A vida das celebridades, ou o modo que os governantes dirigem a cidade que você mora? O pais que você e familiares também vivem!?

Uarauara Das

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Resposta para Ronaldo

http://http://www.youtube.com/watch?v=KBEB6tDd0D8

As seguintes palavras ditas pelo mundialmente conhecido ex jogador Ronaldo foram extremamente absurdas.

Diz que está sendo gasto muito dinheiro em segurança e saúde. Mas o grande problema que nós manifestantes estamos tentando mudar é: onde está o resultado desse dinheiro gasto nesses itens?

Não vemos uma escola que paga bem seus professores e que ensina realmente as crianças e jovens do nosso país.

– O Brasil esta abaixo no nível de educação. As crianças de Singapura tem uma educação mais elevada do que as crianças do Brasil.

– Os hospitais não recebem o material necessário para poder atender todos os pacientes e o governo não faz nada para mudar.

– Os policiais que se arriscam diariamente para nos proteger, não ganham o suficiente.

Estamos todos em uma situação péssima, e não fomos nós que escolhemos que a copa do mundo fosse aqui. O nosso país não tem estrutura para receber a copa.

E o grande problema é que os políticos estão tentando mostrar ao mundo que o país todo é do nível dos estádios que estão sendo construídos.

“Não se faz copa do mundo sem estádio.” “Tem que ver o que você quer.”

QUEREMOS UM GOVERNO QUE INVISTA EM PRIORIDADES ANTES DE INVESTIR EM LUXO.

QUEREMOS NOSSAS ESCOLAS, HOSPITAIS, SEGURANÇA, RUAS SEM BURACOS, TRANSPORTE PUBLICO EM BOM ESTADO, PREÇO JUSTO!

QUEREMOS VER DIARIAMENTE O RESULTADO DO DINHEIRO QUE PAGAMOS EM IMPOSTOS NAS RUAS!

Trabalhamos para pagar um valor absurdo em impostos, sem ver retorno em cada parte do Brasil.

“Não faço parte do governo, mas tenho certeza de que eles estão dividindo os investimentos.”

Onde?

Incrível como uma linha de metro, um túnel, um hospital não aparecem e os estádios são feitos como em um passe de mágica.

Todos tem oportunidade de se manifestar e de ficar calado. Você Ronaldo, perdeu a sua de ficar calado.

 

 

Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário

10 de Junho – hospital Dr. Carmino Caricchio

1025618_588841624470894_1616014602_o

Venho escrever para vocês mais um relato sobre o hospital Dr. Carmino Cariccho. Não é a primeira nem segunda vez que escrevo sobre este lugar muito procurado, mas dessa vez fui ao AMA observar o atendimento médico, que eles dizem que é para emergências.

 

Cheguei exatamente as 11h26 da manhã no AMA TATUAPÉ, peguei minha senha e aguardei ser chamada. Após 10 minutos, me chamaram e fui informada de que nem precisaria passar no médico, pois, no pré exame a enfermeira poderia me dar o pedido do exame que eu teria que fazer. Então peguei minha senha e continuei aguardando.

 

12h43 meu nome foi chamado, entrei na salinha do pré exame, expliquei meus sintomas, a enfermeira mediu minha pressão, disse que estava boa e disse para eu aguardar na outra recepção pela mesma senha que retirei quando havia chegado. Ela me “examinou” em menos de 3 minutos, sai da sala e segui suas instruções.

 

Às 15h23 minha acompanhante me lembrou que eu estava em jejum e disse para eu ir conversar novamente com a enfermeira para eu ter certeza de que ela não poderia me passar o pedido de exame. Me levantei e um homem que estava sentado perto disse: finge que esta passando mal que talvez ela te de ouvidos.

 

Fui conversar com a enfermeira, expliquei que estava em jejum e esperando a muito tempo. Disse que a moça que me atendeu falou que ela, a enfermeira, poderia passar o pedido do exame. Só então a enfermeira me disse que o exame que eu precisava fazer, não era naquele hospital. Ela não poderia passar um pedido, e eu teria que passar no médico da “emergência” para ele me avaliar, e só ai passar o pedido do exame, para depois me encaminhar para um posto de saúde. Eu então perguntei se poderia ir direto para o posto fazer o exame,  ela me respondeu que se eu fosse para o posto sem o pedido do exame, iam me mandar voltar para passar no medico.

 

Voltei para a sala de espera e comecei a notar que o painel de chamadas demorava de 15 a 20 minutos para chamar as senhas. De 9 senhas, 2 eram repetidas e que a maioria das pessoas estavam esperando a mais de 5h.

1025399_588840417804348_457371920_o

Até que começo um tumulto próximo à sala dos médicos. Uma senhora gritando que estava esperando à muito tempo, um outro homem dizendo que perdeu o dia de trabalho, que a filha precisava de remédios, uma mulher que desmaiou, uns jovens gritando na multidão que estavam com fome… Um tumulto que começou e teve fim do nada. Mas que mostrou a insatisfação das pessoas.

Da hora que chegamos, até as 16h30, que foi quando desistimos, eu vi 12 pessoas entrarem na sala para serem atendidos. Outros continuaram esperando e muitos, como nós desistiram.

Então eu pergunto:

Pra que se chama emergência?

Por que as informações não são dadas corretamente?

Por que tem 2 médicos atendendo em um hospital publico em uma segunda feira, se precisa de no mínimo 20 médicos.

 

Publicado em do drama a comédia | Deixe um comentário